Projeto de Lei 172/2020 | Acolhimento e condições para a população em situação de rua

Pessoas em situação de rua sofrerão com o surto da COVID-19. (Foto: Aloísio Maurício/Estadão Conteúdo)
Pessoas em situação de rua sofrerão com o surto da COVID-19. (Foto: Aloísio Maurício/Estadão Conteúdo)

A OMS exige que os governantes de todo o mundo façam todos os esforços para conter o surto do novo coronavírus (COVID-19). Além de investimentos nas áreas da saúde, é preciso investir pesado na prevenção, para que menos pessoas adquiram o vírus e sua transmissão seja interrompida.

De acordo com o censo realizado pela Prefeitura, a cidade de São Paulo possui 24 mil pessoas em situação de rua, que são vulneráveis à doenças. A maior parte dessas pessoas não possui sequer saneamento básico para sua higiene pessoal.

Frente à essa situação, o vereador Celso Giannazi apresentou o PL 172/2020 que propõe a distribuição gratuita de sabonete líquido, álcool gel e demais materiais de higiene pessoal, aliada a abertura de espaços específicos para que a população em situação de rua possa se alimentar, realizar sua higiene e acompanhamento de saúde. Tais medidas são essenciais para ajudar a proteger população em situação de rua e a conter a propagação do vírus.