Projeto de Decreto Legislativo 19/21 | Susta Decreto que permite o retorno presencial dos servidores após a Fase Vermelha

O ensino remoto ainda é a melhor maneira de garantir a segurança para a comunidade escolar. Foto: cottonbro / Pexels
O ensino remoto ainda é a melhor maneira de garantir a segurança para a comunidade escolar. Foto: cottonbro / Pexels

O vereador Celso Giannazi propôs o PDL 19/2021 para sustar o artigo 3º do decreto nº 60.260, de 17 de maio deste ano, que permite a finalização do trabalho remoto dos servidores quando chegar o fim da fase vermelha do Plano São Paulo, impondo, por exemplo, o retorno presencial nas escolas durante a pandemia.

Os servidores que estão em teletrabalho atualmente são, majoritariamente, aqueles com comorbidades. Mesmo com a vacinação completa, eles podem ser vetores do vírus, podendo ser infectados. As pessoas com comorbidades, se infectados, mesmo após vacinação, adquirem a forma grave da doença. Mesmo a vacina reduzindo a mortalidade, a infecção ainda traz vários riscos e possíveis sequelas.

O trabalho remoto continua sendo, junto com os protocolos de higiene, a maneira mais segura de minimizar os riscos de transmissão da covid-19, pois assim dará tempo para toda a comunidade estar vacinada e segura.