Em todo o país, o retorno às aulas presenciais em plena pandemia preocupa famílias e a comunidade escolar, seja pelo perigo de contaminação e a mortalidade do vírus, seja pelo escandaloso projeto de gestão do caos na Educação pública, imposto por gestores como João Doria e Bruno Covas, que coloca em risco a vida de toda a comunidade.

Gestão da morte

Um levantamento feito pelos estados traz a informação de que 40% dos docentes, em 16 das 25 unidades federativas, fazem parte do grupo de risco – têm mais de 60 anos ou possuem comorbidades que podem agravar os sintomas do vírus.

Na capital paulista, a rede municipal identificou que 10% dos docentes estão mais expostos ao vírus, confirmando que a gestão genocida de Bruno Covas e João Doria não se importa com a saúde dos trabalhadores.

Farra com dinheiro público

A ausência de dados associada à proposta de volta às aulas na pandemia imposta por Bruno Covas é mais um ataque contra os educadores e o conjunto da comunidade escolar. Ao invés de convocar os profissionais da Educação aprovados em concurso públicos pra substituir os servidores do grupo de risco, Bruno Covas faz farra com dinheiro e abre contratações temporárias que podem compor até 20% do quadro escolar. A ação representa mais um ataque ao direito dos concursados que há mais de dois anos esperam pela convocação.

O vereador Celso Giannazi acionou o MP cobrando a convocação e homologação dos concursos e segue em luta contra a precarização das escolas e a privatização da Educação. Confira:

Celso Giannazi oficia a SME questionando a autorização de contratações temporárias na Educação

Além disso, em benefício da iniciativa privada, a gestão Doria/Covas viola o direito das crianças ao apresentar o Voucher que transfere recursos públicos para empresários, repassando R$ 1 mil reais por vaga de aluno para as escolas particulares.

Hoje (24/08), ao lado do deputado Carlos Giannazi e em luta pelos direitos dos concursados, o vereador promoveu um ato em frente à Prefeitura, exigindo a convocação imediada dos aprovados.

#Urgente | Manifestação na Prefeitura, agora, pela imediata convocação dos aprovados nos concursos públicos para Educação. ✊🏽✊🏽✊🏽✊🏽

Posted by Celso Giannazi on Monday, August 24, 2020