PDL 10/21 | Susta o decreto de Doria que regulamenta a retomada das aulas presenciais após a fase emergencial

O governador João Doria ignora o risco e insiste na reabertura das escolas no pior momento da pandemia. Desta forma, o PDL 10/21 de autoria do vereador Celso Giannazi susta o Decreto da Morte de Doria e impede a volta das aulas presenciais mesmo após o fim da fase emergencial no estado!

Não há como garantir um retorno seguro neste cenário em que mais de 3 mil pessoas estão morrendo dia e as escolas não possuem condições sanitárias para receber a comunidade escolar. Os esforços do governo deveriam estar concentrados em manter a população segura, garantindo acesso aos programas sociais.

Nosso mandato exige:

  • um auxílio emergencial que de fato garanta condições das famílias fazerem o isolamento social nesse momento de crise sanitária;
  • condições para o ensino remoto a todos com a distribuição dos tablets já adquiridos;
  • plano de readequação do transporte público, visto que é fundamental controlarmos a circulação do vírus e garantir segurança para as pessoas que estão em trânsito por atividades como saúde e assistência social;
  • reajuste do cartão merenda para garantia da segurança alimentar dos alunos;
  • a garantia da participação de toda comunidade escolar nesse planejamento;
  • o fim dos plantões desnecessários do Quadro de Apoio nas escolas;
  • a vacinação de todos os profissionais da Educação, incluso os com menos de 47 anos